Arquivos de Categoria: Esportes

CAD goleia Fernandópolis e encaminha a sua classificação a terceira fase

O Clube Atlético Diadema deu mais mais passo na sua primeira disputa do campeonato paulista da Segunda Divisão na quarta(14) quando goleou a equipe do Fernandópolis por 4 a 0 no Estadio do Inamar e está muito perto da terceira fase do Paulistão da Serie B
O horário do jogo não agradou a diretoria e principalmente a torcida Clube Atlético Diadema, que mesmo sem cobrança de ingresso, no compareceu em um bom número ao Inamar.
Porém o time superou isso, o frio e a chuva e Desde o começo da partida, mostrou a vontade que demonstrava antes da partida e pressionou a equipe do interior, até que aos 20 minutos da primeira etapa, o atacante Marcus Vinícius pegou um lançamento da entrada da área e bateu cruzado sem chances para o goleiro Ramom do Fernandópolis
Com o gol, o time da grande São Paulo ficou mais agressivo no ataque e isso logo deu resultado. Depois da cobrança de falta da ponta esquerda, o meia Diogo Silva acertou um chute de calcanhar e ampliou o placar, para delírio dos bravos torcedores do CAD.
Com isso o Diadema só administrou o resultado e o adversário não oferecia perigos e nem buscava a reação.
No Segundo tempo, o CAD voltou com o mesmo empenho do primeiro tempo e logo ampliou o marcador, depois da cobrança de escanteio do lateral esquerdo Thiago Pereira e o zagueiro Átila só testou livre na grande área e ampliando a vantagem para 3 a 0.
Mesmo com a grande vantagem no Placar, o impeto do CAD não diminuiu e ainda pressionava o time de Fernandópolis no campo de ataque e 3 minutos depois do terceiro gol, o goleador Marcus Vinicius aproveitou a bola cruzada por Thiago Pereira e escorou livre sem marcação e sem chances defesa para Ramom, transformando a vitória em goleada.
Com isso a equipe da casa só administrou o resultado e ainda tentou o quinto gol nos contra ataques, já a equipe do norte do estado de São Paulo, pouco ameaçou na segunda etapa e ainda teve seu camisa 4 Rufino expulso na metade da segunda etapa.
A atacante Marcus Vinicius do CAD, artilheiro da partida, ressaltou o espirito de luta da equipe durante toda a partida e o jogo de hoje traduz o que será o equipe durante a competição. Já o goleiro Cléber, também do  CAD, pontou a marcação eficiente da equipe e a determinação de todos os jogadores. Com a vitória o Clube Atlético Diadema lidera o grupo 9 da segunda fase com 9 pontos e garantiu a sua classificação a próxima fase e só cumpria tabela contra a Taboão da Serra fora de casa domingo as 10 horas da manhã.
Já o Fernandópolis tem confronto direto pela segunda vaga do grupo jogando em casa também no domingo as 10 horas da manhã contra o Assisense.  Clique aqui para álbum completo de fotos da partida

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Com pênalti perdido e gol no finalzinho, Lusa derrota São Paulo e afunda o rival

Jogando em casa, a Portuguesa derrotou a equipe do São Paulo, no “Clássico dos Desesperados da capital paulista” por 2 a 1, para mais de 10 mil pessoas.
O time da casa vinha com dois desfalques, o meia Canhete, que por força contratual não poderia atuar e o zagueiro Ferdinando suspenso. Já o tricolor paulista, voltava ao Brasil depois de disputar três torneios internacionais, tinha a volta do centroavante Luis Fabiano e volante Fabrício.

O placar final da partida no Estadio do Canindé

O placar final da partida no Estadio do Canindé

No primeiro tempo as duas equipes fizeram uma partida de forte marcação e apostando bastante nos contra ataques. A lusa foi mais eficiente nas finalizações e chegou ao seu gol depois de uma cobrança de escanteio, que o zagueiro Moises Moura cabeçou livre para a defesa de Rogério Ceni e na sobra o atacante Diogo Fuzilou para o fundo das redes.
O tricolor paulista conseguiu chegar no setor ofensivo com os contra ataques pela ponta direita e com o atacante Aloísio, que na primeira oportunidade chutou para a defesa de Lauro e na segunda chance, cruzou para o atacante Luis Fabiano chutar em cima do zagueiro da Portuguesa.

O clássico da capital foi disputado pela 13º Rodada do Brasileirão

O clássico da capital foi disputado pela 13º Rodada do Brasileirão

No segundo tempo, o jogo começou a todo vapor, logo no primeiro minuto da partida, o jovem Lucas Evangelista avançou dentro da área e bateu no contra pé do goleiro Lauro, empatando a partida, para delírio da torcida do São paulo, que era maioria no Estadio do Canindé.
Após o gol, a partida ficou pegada e sem muitos lances de ataque, pois os dois times se preocupavam mais em marcar do que atacar, porém isto mudou aos 10 minutos, quando o meia Jadson entrou na área e foi derrubado pelo zagueiro lusitano Moises Moura. Porém na cobrança, o goleiro artilheiro e capitão da equipe Rogério Ceni desperdiçou a cobrança, que parou nos pês do goleiro Lauro, que mais uma vez salvava seu time em um lance critico da partida.
O pênalti perdido abateu a equipe tricolor, que diminui seu impeto e se retraiu na partida, deixando o time de casa se impor na partida. O técnico do São Paulo, Paulo Autuori, tentou mudar este panorama, tirando o Camisa 10 Jadson, substituindo por Paulo Henrique Ganso. Mas a substituição não deu resultado e ao contrario do que esperava, que saiu para o jogo foi a Portuguesa e isto deu resultado.
Aos 36 minutos da segunda etapa, o meia Moises chutou de fora de área, a bola bateu na zaga são paulina e sobrou para o meia atacante Diogo, bateu colocada, tirando o goleiro são paulino e colocando o time do Canindé na frente.
O gol fez com que o time do Morumbi se atirasse para o ataque e com isso encurralando a Portuguesa e quase deu resultado, no finalzinho da partida, na cobrança de falta batida por PH Ganso, a bola passou por todo mundo e iria entrar, mas o atacante Aloísio entrou na frente e colocou a mão na bola. O juiz viu a irregularidade e invalidou o gol, revoltando os jogadores do tricolor paulista.
Com a vitória, a Portuguesa fica com 12 pontos e sobe para o 17º Lugar, na beira da zona de rebaixamento. Já o tricolor paulista, estacionou nos 9 pontos e segue em crise no campeonato brasileiro, na penúltima posição, o time do Morumbi está a 10 jogos sem saber o que é vencer na competição.
O técnico Guto Ferreira enfatizou o força do time nos últimos jogos e a superação dos atletas nesta fase do campeonato. “A equipe jogo a jogo vem retomando a confiança, hoje nos mandávamos na partida, eu acho que de uma maneira até intensa, mas o fator físico pesou e caímos de rendimento. Porém a equipe soube reagir e conseguimos três pontos essenciais neste Brasileirão” disse o comandante da Portuguesa depois da segunda vitória no Campeonato Brasileiro.

Segue abaixo as fotos do Clássico da capital paulista e das entrevistas de ambos os técnicos

Este slideshow necessita de JavaScript.

Estadio do Inamar passa por reformas a partir de Setembro, afirma Secretario de Esportes de Diadema

Após algumas semanas de ausência, volto ao meu querido Blog, para uma matéria de utilidade pública, principalmente os moradores de Diadema e torcedores do Água Santa e do CAD

O Secretario de Esporte de Diadema, Antônio Marcos da Silva, confirmou na quinta feira(8) , em entrevista para o programa Diadema nos Esportes, da Radio Nova Diadema FM que o Estadio Municipal José Batista Pereira Fernandes, ou Estadio do Inamar como é conhecido terá mudanças estruturais a partir do mês de setembro e com isso ficará fechado a partir do início das obras.

As obras no estadio se devem a uma requisição da Federação Paulista de Futebol, para com que o espaço se adeque as normas da federação para um possível acesso de um dos times de Diadema, tanto o CAD como o Água Santa, para a Serie A-3 do Campeonato Paulista 2014.

Além disso, o secretario afirmou que o Esporte Clube Água Santa que escolheu atuar no Estadio do Baetão em São Bernardo e que neste mês de Agosto, o Estadio do Inamar ainda está apto a receber partidas de futebol, tanto que a partida entre Clube Atlético Diadema x Fernandópolis, pela 5º Rodada da Segunda Fase do Paulistão da Segunda Divisão está confirmado para o Inamar, na quarta dia 14.

As reformas no Estadio do Inamar se darão em dois planos, o primeiro plano é a ampliação da arquibancada do estadio, de 5 mil, para 10 mil pessoas e com isso, ter capacidade necessária para receber partida da Serie A-3 a partir de 2014.

Outro plano de reforma se da “dentro de campo”, o gramado do Inamar hoje é sintético e é muito criticado pelas equipes que jogam em grama natural, pelo grande diferença que se da entre os dois gramados, com isso o secretario garantiu a mudança do sintético para grama natural para o ano que vem.

Outra pretensão do Secretario de Esportes de Diadema é a cidade ser sede da Copa São Paulo de Futebol Junior em 2014 com a reforma no estadio.

Com relação ao futuro do mando de jogo do Clube Atlético Diadema e do Esporte Clube Água Santa, o secretario irá realizar uma reunião com os presidentes de ambos as equipes, para a definição deste tema até o final da primeira quinzena de agosto.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Desastre de Hillsborough completa 24 anos hoje, dia de reflexão para o futebol mundial e brasileiro

Hoje faz 24 anos da maior tragedia que o futebol britânico vivenciou, quando 96 torcedores do Liverpool Football Club morreram nas arquibancadas do estadio de Hillsborough, em Sheffield, pela semi final da copa da Inglaterra.
Depois disso, o futebol inglês acordou para a dura realidade que o esporte mais popular passava, os estádios estavam ultrapassados e em certo ponto “perigosos” , os torcedores eram tratados piores que animais e a polícia era despreparada e mal treinada.
Este cenário se assemelha com o nosso país aqui, onde no nordeste dois torcedores morreram assassinados, ou o que aconteceu na nova arena do grêmio na partida da pré libertadores, onde gremistas fizeram a avalanche e a estrutura do estadio não aguentou e dezenas ficaram feridos.
Logo após da tragedia de Hillsborough, as autoridades tomaram ações concretas para modernizar o futebol inglês e tira-lo do ostracismo que os dirigentes deixaram. O presidente do supremo tribunal da Inglaterra da época , Lord Justice Taylor, fez um inquérito bem detalhado sobre o desastre de Hillsborough e o futebol inglês. Esta investigação levou Taylor a criar o “Relatório Taylor”, este relatório detalhava tudo sobre o futebol inglês e a necessidade gritante de mudanças e melhorias que o esporte necessitava, uma delas era a retirada das arquibancadas, onde as pessoas assistiam os jogos em pé, para assentos confortáveis e numerados. Taylor determinou que estas mudanças deveriam seriam implementadas em 4 anos e na temporada 1994/1995, nenhum time da primeira divisão tinha em seus estádios as conhecidas “Terrences”.
O único questionamento que levo deste caso para o nosso país é, na Inglaterra tiveram que morrer 96 pessoas para haver uma mudança no futebol, quantos terão que morrer no brasil para que algo seja feito de verdade.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A violência urbana esta migrando para o futebol, quem ama este esporte é quem sofre com isso

Voltando ao blog, que saudades de escrever por aqui. Não é de hoje que a violência de “torcidas” ou quadrilhas organizadas aqui no Brasil faz o futebol como vitima. Esta situação se assemelha com o cenário do futebol Inglês dos anos 80, onde o futebol tinha virado refém do hooliganismo e das “Firmas” que tocavam o terror em partidas de futebol dentro e fora dos estádios.  Para esta barbárie acabar , o governo precisou  realmente intervir e agir em conjunto com os clubes, e melhorar a estrutura policial para ter “tolerância zero” com arruaceiros que provocavam confusão e mortes.

Mas isto veio depois de uma serie de acontecimentos e desastres com times ingleses , depois de uma delas, a UEFA baniu os clubes ingleses de participar de competições europeias.  Depois de outro desastre, o governo erradicou e “elitizou” o esporte. O resultado disso foi a  mudança de atitude do torcedor, com a  melhora do ambiente de estadio, mas necessitou encarecer os ingressos. Lógico que ainda existem brigões na Inglaterra e Europa que utilizam o futebol como subterfúgio para resolver diferenças, mas a coisa e bem menor que no século passado.

Latino Americanos estão entrando nesta rota perigosa

Enquanto isso , aqui em terras tupiniquins e na América do Sul, parece que nada sobre a violência no futebol será resolvido. As autoridades ainda vão demorar a tomar uma atitude digna para proteger quem trabalha e quem realmente ama este maravilhoso esporte.  Além do fator rivalidade, a também o fator social que o futebol envolve, ele é um catalisador de atenção, com isso as pessoas de má fé se utiliza para se promover, em bandos, lutando uns contra os outros.

Espero que o Brasil de um ponto final a essa balbúrdia e pacifique este espetáculo, mas para isto, é necessário o envolvimento de todos os setores da sociedade. A segurança publica, entender e combater a violência, com inteligência e não com truculência. Á polícia britânica levou 20 anos para perceber isto, quanto tempo será que a nossa polícia irá modificar seu modo de combater os “Hooligans Brasileiros” e deixar os estádios e o futebol para quem realmente ama o esporte?  E será que teremos que sofrer tudo que os ingleses sofreram para pacificar o nosso futebol?

A volta de Alexandre Pato ao futebol brasileiro tem algum significado para a nossa economia ?

Primeiramente, Feliz Ano Novo pessoal. O futebol brasileiro, principalmente o paulista, promete muito nesta temporada, tanto pelas contratações e pelos grandes jogadores que voltaram para o futebol brasileiro nesta temporada, como os casos de Renato Augusto e principalmente Alexandre Pato no Corinthians e Lúcio no São Paulo. Como pelos craques que ficaram em seus respectivos clubes, apesar da propostas do futebol europeu, casos de Paulinho e Neymar.

O significado dessas contratações para a economia brasileira, que mesmo com suas desigualdades na sociedade, é a sétima maior do mundo e é o pais líder dos chamados “sub-desenvolvidos”, que agora se destacam na recuperação da economia mundial.

Mas o que isso tem haver com futebol? É que há alguns anos atras, nossos clubes eram “exportadores”,  vendiam seus talentos na primeira proposta européia que aparecia (casos de Kaká em 2002 e Robinho em 2005)  e ainda empobreciam o futebol brasileiro, mas este panorama foi mudando ao longo dos anos.

O Santos iniciou esta tentativa de trazer grandes jogadores de nível europeu a nosso pais, com a vinda de Zé Roberto, craque da seleção brasileira da Copa de 2006 para jogar no clube da Vila Belmiro, 2 meses depois do mundial. Após ser eliminado na Libertadores em 2007, o experiente jogador voltou ao futebol europeu e pensávamos que isso não se repetiria , mas não foi isso que aconteceu.

A partir de 2009, com a volta de Ronaldo ao futebol de nosso país, para jogar no Corinthians,  clube que vinha da segunda divisão e começava a melhorar seu marketing  e mudar sua mentalidade sobre futebol como “negócio” .

O resultado disso, é que o  clube paulista , que dependia bastante da venda de jogadores para suas finanças e não tinha nenhum projeto de marketing, agora tem nele sua grande fonte de recursos, e vê outros times se espelharem  nisto para começar ou melhorar sua área de marketing.

A sua bilheteria, que não rendia tanto há alguns anos, agora bate recordes, e mesmo aumentando os preços dos ingressos substancialmente em 150% em 5 anos( uma cadeira numerada no Pacaembu com o mando do Corinthians em 2007 era R$ 40 , agora não sai por menos de 100 reais) o público corinthiano nos estádios  só aumentou graças a fidelização do torcedor, caso do programa “Fiel Torcedor”, do próprio time da capital paulista.

Mesmo com o aumento de preço dos ingressos, o público no estádio não diminuiu, lógico que os bons resultados também foi um fator para isso, mas a melhora da economia brasileira, principalmente da classe C e de seu poder de consumo também foi um dos principais fatores.

Outros clubes estão buscando este público para seus estádios, caso do São Paulo, que na contra mão de seu rival , popularizou um setor desvalorizado do Morumbi(arquibancadas amarelas, atras do gol) que antes era R$ 30 e agora baixou para R$ 10, no meio da última temporada. O resultado disso foi um grande aumento da torcida no estadio, principalmente neste setor, que lota quase todo jogo e consequentemente  aumentou sua renda.

Além disto, com a Copa do Mundo no Brasil, no ano que vem, e os principais clubes construindo ou modernizando seus estádios, os “craques europeus” querem jogar no nosso futebol, tanto os brasileiros que saíram para jogar na Europa, como jogadores estrangeiros que quiseram vir para cá(casos de Seedorf, no Botafogo e Forlan, no Internacional)

Outro exemplo de nossa melhora “mundo a fora” se traduz no cenário sul americano, o futebol brasileiro não fica fora de uma final de Libertadores desde 2004 e desde 2010 somos campeões da principal competição da América do Sul, com Internacional, Santos e Corinthians e antes chegamos bem perto da conquista com Grêmio,Fluminense e Cruzeiro, mas os estádios brasileiros recebem a final do principal torneio da América desde 2005.

Nossos rivais sul americanos, principalmente argentinos e uruguaios, ainda jogam pelo “peso da camisa” e tradição, mas  a superioridade financeira e técnica do futebol brasileiro está prevalecendo  atualmente sobre estes fatores. Espero que nosso futebol aproveite este belo momento para se organizar melhor e se engrandecer como clubes para suas “marcas” serem levadas para outros mercados.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O futebol, este esporte tão belo, foi manchado nesta noite e deve se ver as lições do que aconteceu

O dia 12/12/2012, que era para ser marcado por festa das duas maiores torcidas de São Paulo, a do Corinthians que venceu a semi-final do Mundial de Clube e a do tricolor paulista, que era favorita na final da copa sul americana, ficou manchada por atos fora de campo e tirou o brilho da conquista do São Paulo na Copa Sul Americana

Mas o que aconteceu depois do primeiro tempo, que o São Paulo Futebol Clube, venceu dignamente a primeira etapa, com gols do iluminado Lucas e do competente Osvaldo tem explicação, pois foi tudo  que se acumulou nos 135 minutos anteriores em campo, onde o time do Tigre “só bateu” . A briga na saída de campo entre jogadores dos dois times, mas principalmente do lado argentino, que não souberem jogar bola, e preferiam só fazer falta e não tinham psicológico para vencer.

No intervalo, a coisa foi piorando, e os jogadores e a comissão técnica do Tigre diz que foi agredida por seguranças do São Paulo e a policia chegou, daquele jeito “cordial” dela, para apartar a briga, segundo versões da PM e dos jogadores do Tigre.

Mas o que fica disso tudo é a falta do Esporte, tanto no primeiro jogo, como nesta noite no Morumbi, pelo lado argentino principalmente, que não soube jogar, e “deu o cacete” nos jogadores são paulinos.

Porém, o time do Morumbi também cometeu seus erros, que não deixou os jogadores fazerem o reconhecimento  do gramado do Morumbi, nem mesmo aquecer dentro dele, ato de time pequeno, coisa que o São Paulo Futebol Clube não é.

Disto tudo que aconteceu nesta noite, fica a tristeza de quem ama este esporte e o espetáculo que ele é, fica o vazio no título que é merecido para o São Paulo. Temos que ver as lições deste caso, para que não aconteça de novo e o espetáculo do esporte, que é o futebol, sempre seja preservado acima de qualquer problema fora de campo.

Eu, Gustavo Camargo Tomazeli, que amo muito este esporte chamado futebol,  fico triste com tudo que aconteceu, espero que todos os acontecimentos sejam apurados, mas fica a mancha em uma final de um torneio internacional.

Confusão do intervalo da final da Copa Sul Americana, que só veio a piorar e causar o termino da partida ainda no intervalo (Foto: Reprodução/Fox Sports

Confusão do intervalo da final da Copa Sul Americana, que só veio a piorar e causar o termino da partida ainda no intervalo (Foto: Reprodução/Fox Sports

Parabéns Fluminense Football Club pelo Tetracampeonato Brasileiro, ganhou o time mais equilibrado e merecedor do título.

Ontem, às 19:07 , o futebol brasileiro conheceu seu novo campeão, que vem do Rio de Janeiro, pela décima quinta vez. Agora o melhor time do território brasileiro com todos os méritos e justiças é o Fluminense, que pode fazer a melhor campanha do Brasileirão dos pontos corridos desde 2003.

A campanha deste “time de guerreiros” foi marcada pelo equilíbrio tático, pelo elenco recheado de ótimos jogadores e principalmente de alguns jogadores que apareceram em vários momentos cruciais e mostraram que são ídolos da torcida tricolor.

O primeiro desses jogadores é Diego Cavalieri. Melhor goleiro deste Campeonato Brasileiro, sem dúvida nenhuma, e que apareceu até no jogo do título, salvando o Flu, no momento em que o time mais precisava dele , pois fez uma grande defesa quando o jogo tinha acabado de empatar e o adversário vinha na pressão da virada.

Mas o craque do time, aquele que apareceu o campeonato todo e foi decisivo em inúmeras partidas e deve terminar o campeonato como artilheiro é Fred, que chegou ao tricolor das laranjeiras com muitas expectativas, no começo não mostrou porque veio, mas durante sua passagem , provou que é o artilheiro que todos esperavam e que realmente foi neste Brasileirão.

Este título do Fluminense, só prova que não precisa ser rebaixado para “aprender”, pois o trícolor das laranjeiras quase caiu em 2008 e principalmente em 2009, quando escapou na última rodada depois de ficar com 99% de chance de cair. Depois disso o time carioca aprendeu a lição, reformulou seu departamento de futebol e conquistou dois títulos Brasileiros em três anos. Espero que outros times sigam esse exemplo e vejam que não precisa cair de divisão para serem campeões

E para os que defendem ainda o mata-mata no Campeonato Brasileiro, só digo uma coisa, que a partida de ontem mostrou toda a emoção de um “jogo de final” , sem precisar ser uma eliminatória , pois o outro adversário , também disputava algo no campeonato, que era para escapar do rebaixamento.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O desespero começou a bater para os rebaixados

Olá Fãs do Blog Gus na Área, voltei depois de 9 dias de ausência  mas quero retomar este canal de comunicação que criei para expressar o que penso e dizer o que está acontecendo mundo a fora.

Ontem, mais uma pagina trágica foi escrita nas melancólicas campanhas da Sociedade Esportiva Palmeiras e do Sport Club do Recife neste Campeonato Brasileiro de 2012

Começando pela equipe do Palestra Itália, que até começou bem sua jornada ontem em Porto Alegre, com o gol de cabeça de Luan,. Porém veio a virada colorada, com gols de Fred e Rafael Moura, e aí o time da barra funda se desesperou, foi para o ataque em busca do empate, e o cumulo disso foi o Gol de Mão do argentino Barcos, lembrando seu maior ídolo, Diego Armando Maradona.

A principio o juiz, Francisco Carlos Nascimento validou o gol irregular do centroavante palmeirense, porém, o quatro arbitro, ajudado pelo delegado da partida, viram que o lance não era legal e comunicaram o juiz disso, que acertadamente voltou atras e invalidou o gol, gerando a revolta no time palmeirense, dentro e até fora de campo, com declarações de dirigentes alviverde sobre a suspensão da partida por causa do lance.

Tirando toda a polêmica sobre o auxilio externo ao arbitro e até a possível utilização de imagens pelo delegado para ajudar a decisão do juiz, o time do Palmeiras sentiu o golpe e vê a segunda divisão cada vez mais perto, só ainda não está nela, pela incompetência de seus adversários  que novamente tropeçaram na rodada, jogando em casa.

O Sport tinha a chance de sair da “zona maldita” se vencesse o São Paulo, que luta pela manutenção da sua vaga na libertadores, e se o Bahia,que também luta contra o rebaixamento e que jogava em casa contra o grêmio, perdesse para a equipe gaucha.

Porém nenhuma das duas coisas aconteceram, o time baiano conseguiu um empate contra os gaúchos  mesmo saindo na frente, com o gol de Gabriel, logo levou o tento do empate, marcado por Kleber. Com isso os baianos estão há 4 pontos do rebaixamento e os gaúchos há 2 pontos do terceiro colocado São Paulo.

Com isso o Sport tinha a chance de diminuir a diferença para o primeiro time fora da zona de rebaixamento. Os pernambucanos até que saiu na frente, com o gol de Gabriel, mas logo levou uma bela virada são paulina  com direito a golaço do meia Lucas, falha do Goleiro Saulo e gol contra o defensor Rivaldo. Ainda deu tempo de Lucas marcar mais um gol na partida e de Hugo descontar de pênalti. Mas nem isso foi suficiente para levantar o animo da torcida, que lotou a ilha do retiro, mais de 31 mil pessoas, o terceiro melhor publico deste rodada, que ainda será completada na quarta feira, com o grande jogo entre, Atlético Mineiro x Flamengo, falta 5 jogos para acabar o Brasileirão.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Emoção não falta ao brasileirão, mas falta muito à nossa seleção

O domingo reservou para a 30ºRodada muita emoção e tensão, tanto para a parte de cima da tabela, como para a parte de baixo do campeonato. O lider Fluminense e o vice-lider Atlético-MG penaram para se manter na ponta do campeonato, mesmo jogando nas suas respectivas casas. Os dois times sofreram o primeiro gol e tiveram que buscar a virada nos minutos finais do segundo tempo, fora as polemicas de arbitragens nos dois jogos. O terceiro colocado Gremio deixou a emoção também para o final, porém não foi muito boa para os tricolores, que venciam a partida por 1 a 0  até os 46 minutos do segundo tempo, quando o ex-atacante do Guarani Bruno Mendes, récem chegado ao Fogão, acertou um lindo chute de fora da área e decretou o empate no estadio Olimpico.

Ainda na parte de cima da tabela, houve uma mudança significativa na classificação. O São Paulo que já vinha embalado pela bela vitória sobre o Vasco da Gama na quarta venceu mais uma em casa, contra o Figueirense por 2 a 0. Agora a equipe do Morumbi se encontra a 6 partidas sem perder e venceu a sua terceira partida seguida no campeonato e é o quarto colocado do Brasileirão, ultrapassando o próprio Vasco, que perdeu fora de casa por 2 a 0 para o Santos no estádio Urbano Caldeira.

Já na parte de baixo da tabela, o drama da Sociedade Esportiva Palmeiras parece não ter fim. Quando o time começa bem a partida, parece que vai dar esperanças a sua torcida, o time mais uma vez decpciona e perde de novo, somando sua terceira derrota seguida, agora para o Naútico, por 1 a 0. No confronto direito de times que querem fugir de degola, o Coritiba aproveitou o fator mando de campo e venceu o Bahia por 2 a 1, se distanciando ainda mais da zona perigosa.

E hoje a nossa seleção canarinho venceu a seleção japonesa por 4 a 0, destaque para o atacante Neymar, autor de dois gols no Amistoso que valia de teste para a Copa das Confederações de 2013, que acontecerá no Brasil.

Neymar e Kaka atuando juntos pela segunda vez pela seleção (Foto:AFP Photo/ODD Andersen)