Arquivos Mensais: novembro \12\UTC 2012

Parabéns Fluminense Football Club pelo Tetracampeonato Brasileiro, ganhou o time mais equilibrado e merecedor do título.

Ontem, às 19:07 , o futebol brasileiro conheceu seu novo campeão, que vem do Rio de Janeiro, pela décima quinta vez. Agora o melhor time do território brasileiro com todos os méritos e justiças é o Fluminense, que pode fazer a melhor campanha do Brasileirão dos pontos corridos desde 2003.

A campanha deste “time de guerreiros” foi marcada pelo equilíbrio tático, pelo elenco recheado de ótimos jogadores e principalmente de alguns jogadores que apareceram em vários momentos cruciais e mostraram que são ídolos da torcida tricolor.

O primeiro desses jogadores é Diego Cavalieri. Melhor goleiro deste Campeonato Brasileiro, sem dúvida nenhuma, e que apareceu até no jogo do título, salvando o Flu, no momento em que o time mais precisava dele , pois fez uma grande defesa quando o jogo tinha acabado de empatar e o adversário vinha na pressão da virada.

Mas o craque do time, aquele que apareceu o campeonato todo e foi decisivo em inúmeras partidas e deve terminar o campeonato como artilheiro é Fred, que chegou ao tricolor das laranjeiras com muitas expectativas, no começo não mostrou porque veio, mas durante sua passagem , provou que é o artilheiro que todos esperavam e que realmente foi neste Brasileirão.

Este título do Fluminense, só prova que não precisa ser rebaixado para “aprender”, pois o trícolor das laranjeiras quase caiu em 2008 e principalmente em 2009, quando escapou na última rodada depois de ficar com 99% de chance de cair. Depois disso o time carioca aprendeu a lição, reformulou seu departamento de futebol e conquistou dois títulos Brasileiros em três anos. Espero que outros times sigam esse exemplo e vejam que não precisa cair de divisão para serem campeões

E para os que defendem ainda o mata-mata no Campeonato Brasileiro, só digo uma coisa, que a partida de ontem mostrou toda a emoção de um “jogo de final” , sem precisar ser uma eliminatória , pois o outro adversário , também disputava algo no campeonato, que era para escapar do rebaixamento.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Obama é Reeleito presidente dos Estados Unidos, o que muda no panorama político americano?

Na noite da última terça feira, os americanos conheceram os resultados das urnas. E elas apontaram para mais quatro anos do democrata Barack Hussein Obama, de 51 anos, que já foi senador por Illinois e em 2008 tornou-se o primeiro presidente negro da história democrática dos Estados Unidos da América.

Quando assumiu o governo, em janeiro de 2009, Obama tinha grandes desafios pela frente. O maior de todos era a econômia, que vinha de uma grande queda em setembro de 2008, especialmente com a falência de um grande banco americano, o Lehman Brothers e a crise da bolha imobiliária, que afetou a vida de milhares de americanos, deixando com um dos piores níveis de desemprego e pobreza desde a depressão de 1929. Além disso, o país estava envolvido em duas guerras, a do Iraque e a do Afeganistão, bem impopulares.

Com esse cenário, o democrata assumiu prometendo mudanças, principalmente do estilo radical e tradicionalista que os republicanos faziam, especialmente nas áreas de política externa e auxilio aos mais necessitados.

Quatro anos se passaram e pouco mudou, a economia americana lentamente se recupera, porém ainda sofre resquícios da grave crise de 2008. As mudanças sociais que o presidente queria fazer sofreram duros golpes no congresso, fortemente dominado pelos republicanos, e a dívida americana, que sempre foi algo confiável nos mercados financeiros, teve sua nota de classificação rebaixada pela primeira vez na história.

Seu adversário, Mitt Romney, não encontrou muita união e consenso do próprio partido, para concorrer com Obama. Mas venceu as prévias e disputou voto a voto a eleição desta semana. Com tudo, não teve o carisma suficiente para derrotar o candidato, especialmente por ser impopular com a camada mais pobre americana.

Agora, Barack Obama tem mais quatro anos para mostrar que pode ser o presidente americano que todos nós “sonhamos” ou se transformar na maior decepção do cargo mais importante do planeta.

Este slideshow necessita de JavaScript.