Arquivos Mensais: março \11\UTC 2013

A violência urbana esta migrando para o futebol, quem ama este esporte é quem sofre com isso

Voltando ao blog, que saudades de escrever por aqui. Não é de hoje que a violência de “torcidas” ou quadrilhas organizadas aqui no Brasil faz o futebol como vitima. Esta situação se assemelha com o cenário do futebol Inglês dos anos 80, onde o futebol tinha virado refém do hooliganismo e das “Firmas” que tocavam o terror em partidas de futebol dentro e fora dos estádios.  Para esta barbárie acabar , o governo precisou  realmente intervir e agir em conjunto com os clubes, e melhorar a estrutura policial para ter “tolerância zero” com arruaceiros que provocavam confusão e mortes.

Mas isto veio depois de uma serie de acontecimentos e desastres com times ingleses , depois de uma delas, a UEFA baniu os clubes ingleses de participar de competições europeias.  Depois de outro desastre, o governo erradicou e “elitizou” o esporte. O resultado disso foi a  mudança de atitude do torcedor, com a  melhora do ambiente de estadio, mas necessitou encarecer os ingressos. Lógico que ainda existem brigões na Inglaterra e Europa que utilizam o futebol como subterfúgio para resolver diferenças, mas a coisa e bem menor que no século passado.

Latino Americanos estão entrando nesta rota perigosa

Enquanto isso , aqui em terras tupiniquins e na América do Sul, parece que nada sobre a violência no futebol será resolvido. As autoridades ainda vão demorar a tomar uma atitude digna para proteger quem trabalha e quem realmente ama este maravilhoso esporte.  Além do fator rivalidade, a também o fator social que o futebol envolve, ele é um catalisador de atenção, com isso as pessoas de má fé se utiliza para se promover, em bandos, lutando uns contra os outros.

Espero que o Brasil de um ponto final a essa balbúrdia e pacifique este espetáculo, mas para isto, é necessário o envolvimento de todos os setores da sociedade. A segurança publica, entender e combater a violência, com inteligência e não com truculência. Á polícia britânica levou 20 anos para perceber isto, quanto tempo será que a nossa polícia irá modificar seu modo de combater os “Hooligans Brasileiros” e deixar os estádios e o futebol para quem realmente ama o esporte?  E será que teremos que sofrer tudo que os ingleses sofreram para pacificar o nosso futebol?

Anúncios