Arquivos de Tag: futebol

ABC Paulista sai do mapa do futebol brasileiro depois de quase duas décadas e vive um dos seus piores momentos de sua historia dentro e fora de campo

Com a eliminação do São Caetano na Serie D, não há mais equipes da região do abc paulista em qualquer competição nacional, o que não acontecia desde 1997

Na noite da última sexta-feira(17) o São Caetano ficou no empate sem gols com o Botafogo de Ribeirão Preto e foi eliminado do Campeonato Brasileiro da Serie D e consequentemente não irá a Serie C do ano que vem. Isso significa que o azulão não terá mais divisão nacional no próximo ano e não deve voltar a este cenário tão cedo, já que hoje se situa na Serie A-2, equivalente a segunda divisão do campeonato paulista.

Anacleto Campanella foi o palco final do ABC Paulista em competições nacionais  depois de 18 anos seguidos (Foto: Luiz Campos)

Anacleto Campanella foi o palco final do ABC Paulista em competições nacionais depois de 18 anos seguidos (Foto: Luiz Campos)

Além disso, a região do ABC Paulista, que se mostrou uma forca emergente no futebol brasileiro na 1º metade dos anos 2000, com o titulo da Copa do Brasil do Santo André em 2004 e com os vices no Brasileirão em 2000 e 2001 e na Libertadores em 2002 , além do titulo do Paulistão também em 2004, fazendo daquele ano, o ano mais glorioso no futebol do ABC Paulista

Porém, aquele ano seria também marcado pela morte do zagueiro Serginho do São Caetano, dentro de campo, em uma partida do azulão pelo Brasileirão. A equipe acabou perdendo 24 pontos naquele campeonato e caiu de candidato ao titulo, a quase rebaixado. Mas os anos seguintes se mostram cruéis com o São Caetano e com 4 rebaixamentos em 9 anos, deixou de ser força emergente no futebol paulista,  para voltar as suas origens e nas divisões inferiores do futebol de são paulo terá que lutar novamente para figurar na elite do futebol paulista.

Mas, não foi somente o São Caetano que caiu no ABC, o seu rival Santo Andre também teve caminho parecido. Seu melhor momento no cenário estadual e nacional foi em 2009, quando figurou na 1º divisão de ambos os campeonatos, mas isto só durou um ano, pois o ramalhão voltaria a segunda divisão do brasileirão logo em sua 1º temporada na serie A. Após este rebaixamento, o time ainda viveu um momento de gloria, quando foi vice-campeão paulista em 2010. Logo depois, veio os rebaixamentos outros 3 rebaixamentos e a também saída do cenário do futebol nacional.

Agora, quem representa o ABC Paulista na elite do Paulistão é o Esporte Clube Água Santa de Diadema e o São Bernardo Futebol Clube de São Bernardo do Campo, porem ambos ainda só figuraram na elite do futebol paulista mas não conseguiram seu espaço no cenário nacional em nenhuma divisão

Alem da perspectiva ruim dentro de campo, fora dele, o ABC paulista também teve sua “derrota”, especialmente no setor da imprensa. No final de mês de setembro, foi anunciado o final dos Canais NET CIDADE, canal de tv voluntario presente em diversas cidades de São Paulo e do Brasil e que foi encerrado em virtude de uma lei imposta pela ANCINE. Com isso, o torcedor das equipes do ABC Paulista perderam mais um espaço para se informar ou ate opinar sobre sua equipe e agora vê a mídia esportiva da região ainda mais fraca.

Hoje, ha somente duas rádios comunitárias(Radio Paraty de São Bernardo e Radio Nova Diadema de Diadema) três webradios (Master Esporte, STI Esporte e REDE E GOL) que ainda realizam transmissões ao vivo de equipes do ABC Paulista. Radio ABC, TV + são exemplos de empresas de comunicação que já deram grande espaço ao futebol e ao esporte do grande abc mas hoje dão espaços esporádicos e raros as transmissões de futebol do ABC.

Eu, Gustavo Tomazeli, como um grande admirador do futebol desta nobre região do Grande ABC que me tornei deste 2010 como tantos que conheci neste 5 anos que acompanhei o futebol desta região, como torcedor ou como Jornalista, espero que tanto as equipes como a mídia renasçam, voltem a serem fortes e imponentes como eram no começo dos anos 2000, quando mostraram ao brasil e ao mundo, do que o futebol do ABC Paulista era capaz.

Infelizmente, peguei o final desta era de ouro que tantas glorias deu os torcedores e moradores do grande ABC, mas vivenciei uma paixão sofrida e que vai na contra mão de muitos interesses. Espero que São Bernardo FC , Água Santa, Santo Andre, São Caetano, EC São Bernardo, Mauaense, CA Diadema sejam fortes e mostrem em campo a forca do grande ABC e um possível caminho para isso e uma parceria com as equipes de várzea das cidades, pois elas hoje atraem mais apaixonados do futebol da região do que a maioria das equipes profissionais.

Cobri as equipes do ABC em todos os seus estádios e vi quase todas as suas fases (Foto: Gustavo Tomazeli)

Cobri as equipes do ABC em todos os seus estádios e vi quase todas as suas fases (Foto: Gustavo Tomazeli)

VIVA O ABC PAULISTA! Que ele possa a voltar a brilhar no futebol brasileiro!

Anúncios

Com festa dentro e fora de campo, Amigos de Neilton derrotam Amigos de Thiago Ribeiro em amistoso beneficente em Diadema

O jogo beneficente entre Amigos de Neilton x Amigos de Thiago Ribeiro, no Estadio do Inamar,  terminou com a vitória da equipe de Neilton por 9 a 6 e com 500 quilos de alimentos arrecadados para a campanha do Natal sem fome da Prefeitura de Diadema, que organizou o evento em parceria com a  Associação dos amigos do Jardim Sapopemba.

Álbum de fotos da partida: Amigos do Neilton 9 x 6 Amigos de Thiago Ribeiro

Muita Festa e descontração entre ambas as equipes (Foto: Gustavo Tomazeli)

Muita Festa e descontração entre ambas as equipes (Foto: Gustavo Tomazeli)

O time inicial da promessa santista, que jogou de branco,  teve o experiente voltante Marcos Assunção, o ex-jogador do Corinthians Gil e o atacante do Vasco da Gama Thalles Lima. Já na equipe de Thiago Ribeiro, que atuou com camisas pretas  contou com lateral direito do Corinthians Diego Macedo,  com os  meio campistas Bruno Dybal do Palmeiras e Fabiano ex-santos, além do Secretario de Esportes de Diadema Marquinhos Silva e o Prefeito de Diadema Lauro Michels

A partida começou bem morna, com as duas equipes conhecendo o campo e se ambientando ao local. E um dos donos da festa logo mostrou ao que veio e abriu o placar logo aos 10 minutos de jogo, logo em seguida veio o segundo gol da equipe do Thiago Ribeiro com Fabiano, acertando um belo chute de fora da área. O outro dono da festa buscava fazer firula e enfeitar as jogadas, para delírio da torcida que compareceu a partida , mesmo assim seu time conseguiu diminuir a partida com o gol da jovem promessa vascaína Thalles.

O atacante do Santos e um dos lideres da festa Thiago Ribeiro, foi o artilheiro da partida com dois gols( Foto: Gustavo Tomazeli)

O atacante do Santos e um dos lideres da festa Thiago Ribeiro, foi o artilheiro da partida com dois gols( Foto: Gustavo Tomazeli)

Mas o domínio seguia para a equipe de preto e que logo aumentou o placar com o secretario Marquinhos, que aproveitou o rebote e fez o dele. Ainda no finalzinho, deu tempo para mais um gol na partida, para a equipe de Neilton, com a colaboração do musico Wallace da outra equipe, que fez contra e terminou o primeiro tempo em 3 a 2

No intervalo, os jogadores puderam descanar e curtir o carinho dos torcedores, que aproveitaram a presença de seus iolos para tietar e conseguir alguma foto ou autografo com algum jogador.

Quando a partida reiniciou, o domínio mudou de lado e o time do  mineiro, mas criado em Diadema Neilton começou a mostrar que tambem queria jogar e logo empatou a partida e virou dois minutos depois com Lucas. Não demorou muito para Michel ampliar o placar para a equipe do Neilton. Mesmo com o sol e o calor, que apareceram na segunda etapa, o time de branco não descansou e fez mais dois com Carlinhos e Marcos Assunção, que saiu logo depois.

Mais aclamado na arquibancadas, Neilton fez a festa dentro de campo (Foto: Gustavo Tomazeli)

Mais aclamado na arquibancadas, Neilton fez a festa dentro de campo (Foto: Gustavo Tomazeli)

Com 7 a 3 contra, o time do atacante Thiago Ribeiro foi buscar uma reação e diminuiu o marcador com dois gols do jovem Gabriel Page e outro do atacante Santista. Mas a reação parou por ai e o time do Neilton fechou o marcador com Diego e Cadu e o placar ficou em 9 a 6 para a equipe dos Amigos de Neilton.

Logo após a partida, a jovem promessa Santista e um dos organizadores do evento, Neilton atendeu aos torcedores que estavam no alambrado e saudou ao público presente, que colaborou com 1 quilo de alimento não perecível para entrar no Estadio e acompanhar a partida.

Neilton é aclamado pelos torcedores após a partida e atende ao público presente (Foto: Gustavo Tomazeli)

Neilton é aclamado pelos torcedores após a partida e atende ao público presente (Foto: Gustavo Tomazeli)

Entrevista com o Prefeito de Diadema: Lauro Michels

Entrevista com o Secretario de Esportes: Marquinhos Silva

Entrevista exclusiva com o Volante Marcos Assunção

Entrevista exclusiva com o atacante Thiago Ribeiro

Entrevista exclusiva com o jovem Centroavante Santista Neilton

Ficha Técnica:

Amigos de Neilton: Jhon; Roberto, Wanderley, Leandro e Romarinho; Lito, Marcos Assunção(Cadu) , Gil(Michel) e Carlinhos(Diego) : Thalles Lima(Lucas) e Neilton
Tecnico: Diego Martini

Amigos do Thiago Ribeiro: Alemão, Ricardo(João), Ricardo Dias, Marquinhos(Laureto), Diego Macedo(Luan Deivid); Rodnei, Fabiano, Bruno Dybal e Lauro Michels(Gabriel Page) , Jorge Ramos e Thiago Ribeiro
Tecnico: Wanderley Farias

Gols: Marcos Assunção, Carlinhos, Thalles Lima, Cadu, Michel, Diego, Lucas e Neilton (Amigos de Neilton)
Gols: Marquinhos, Gabriel Page(2x), Fabiano e Thiago Ribeiro(2x) (Amigos de Thiago Ribeiro)

Arbitro:Adilson José
Auxiliar 1: Alexandre Pinheiro
Auxiliar 2: Edmílson Cabral

A violência urbana esta migrando para o futebol, quem ama este esporte é quem sofre com isso

Voltando ao blog, que saudades de escrever por aqui. Não é de hoje que a violência de “torcidas” ou quadrilhas organizadas aqui no Brasil faz o futebol como vitima. Esta situação se assemelha com o cenário do futebol Inglês dos anos 80, onde o futebol tinha virado refém do hooliganismo e das “Firmas” que tocavam o terror em partidas de futebol dentro e fora dos estádios.  Para esta barbárie acabar , o governo precisou  realmente intervir e agir em conjunto com os clubes, e melhorar a estrutura policial para ter “tolerância zero” com arruaceiros que provocavam confusão e mortes.

Mas isto veio depois de uma serie de acontecimentos e desastres com times ingleses , depois de uma delas, a UEFA baniu os clubes ingleses de participar de competições europeias.  Depois de outro desastre, o governo erradicou e “elitizou” o esporte. O resultado disso foi a  mudança de atitude do torcedor, com a  melhora do ambiente de estadio, mas necessitou encarecer os ingressos. Lógico que ainda existem brigões na Inglaterra e Europa que utilizam o futebol como subterfúgio para resolver diferenças, mas a coisa e bem menor que no século passado.

Latino Americanos estão entrando nesta rota perigosa

Enquanto isso , aqui em terras tupiniquins e na América do Sul, parece que nada sobre a violência no futebol será resolvido. As autoridades ainda vão demorar a tomar uma atitude digna para proteger quem trabalha e quem realmente ama este maravilhoso esporte.  Além do fator rivalidade, a também o fator social que o futebol envolve, ele é um catalisador de atenção, com isso as pessoas de má fé se utiliza para se promover, em bandos, lutando uns contra os outros.

Espero que o Brasil de um ponto final a essa balbúrdia e pacifique este espetáculo, mas para isto, é necessário o envolvimento de todos os setores da sociedade. A segurança publica, entender e combater a violência, com inteligência e não com truculência. Á polícia britânica levou 20 anos para perceber isto, quanto tempo será que a nossa polícia irá modificar seu modo de combater os “Hooligans Brasileiros” e deixar os estádios e o futebol para quem realmente ama o esporte?  E será que teremos que sofrer tudo que os ingleses sofreram para pacificar o nosso futebol?