Arquivos Mensais: agosto \30\UTC 2013

Por invencibilidade na terceira fase, Água Santa encara novamente Portuguesa Santista no Paulistão da Segunda Divisão

O Esporte Clube Água Santa está invicto na terceira fase da quarta
divisão do Paulistão 2013 e enfrenta fora de casa a Portuguesa
Santista no Estadio Ulrico Murça, domingo as 10 horas da manhã para manter a invencibilidade fora de diadema.

A equipe de Diadema está sem perder há 11 jogos, quando perdeu para o
Clube Atlético Diadema ainda na primeira fase do torneio estadual.

Já a briosa santista perdeu na estreia da terceira fase, mas vem de
uma vitória na última quarta contra o Fernandópolis e agora busca o
resultado positivo em casa para alcançar a liderança do Grupo 16

STI Esporte Rádio e TV e a Radio Nova Diadema FM estarão transmitindo AA Portuguesa Santista x EC Água Santa no Domingo as 10:00h direto do Estádio Úlrico Mursa

Narrador: Rhenan Moreira
Repórteres: Gustavo Tomazeli e Manuel Leiria
Imagens: Delmo Mendes
Direção: Jota Alves e Alex Ricardo

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

CAD goleia Fernandópolis e encaminha a sua classificação a terceira fase

O Clube Atlético Diadema deu mais mais passo na sua primeira disputa do campeonato paulista da Segunda Divisão na quarta(14) quando goleou a equipe do Fernandópolis por 4 a 0 no Estadio do Inamar e está muito perto da terceira fase do Paulistão da Serie B
O horário do jogo não agradou a diretoria e principalmente a torcida Clube Atlético Diadema, que mesmo sem cobrança de ingresso, no compareceu em um bom número ao Inamar.
Porém o time superou isso, o frio e a chuva e Desde o começo da partida, mostrou a vontade que demonstrava antes da partida e pressionou a equipe do interior, até que aos 20 minutos da primeira etapa, o atacante Marcus Vinícius pegou um lançamento da entrada da área e bateu cruzado sem chances para o goleiro Ramom do Fernandópolis
Com o gol, o time da grande São Paulo ficou mais agressivo no ataque e isso logo deu resultado. Depois da cobrança de falta da ponta esquerda, o meia Diogo Silva acertou um chute de calcanhar e ampliou o placar, para delírio dos bravos torcedores do CAD.
Com isso o Diadema só administrou o resultado e o adversário não oferecia perigos e nem buscava a reação.
No Segundo tempo, o CAD voltou com o mesmo empenho do primeiro tempo e logo ampliou o marcador, depois da cobrança de escanteio do lateral esquerdo Thiago Pereira e o zagueiro Átila só testou livre na grande área e ampliando a vantagem para 3 a 0.
Mesmo com a grande vantagem no Placar, o impeto do CAD não diminuiu e ainda pressionava o time de Fernandópolis no campo de ataque e 3 minutos depois do terceiro gol, o goleador Marcus Vinicius aproveitou a bola cruzada por Thiago Pereira e escorou livre sem marcação e sem chances defesa para Ramom, transformando a vitória em goleada.
Com isso a equipe da casa só administrou o resultado e ainda tentou o quinto gol nos contra ataques, já a equipe do norte do estado de São Paulo, pouco ameaçou na segunda etapa e ainda teve seu camisa 4 Rufino expulso na metade da segunda etapa.
A atacante Marcus Vinicius do CAD, artilheiro da partida, ressaltou o espirito de luta da equipe durante toda a partida e o jogo de hoje traduz o que será o equipe durante a competição. Já o goleiro Cléber, também do  CAD, pontou a marcação eficiente da equipe e a determinação de todos os jogadores. Com a vitória o Clube Atlético Diadema lidera o grupo 9 da segunda fase com 9 pontos e garantiu a sua classificação a próxima fase e só cumpria tabela contra a Taboão da Serra fora de casa domingo as 10 horas da manhã.
Já o Fernandópolis tem confronto direto pela segunda vaga do grupo jogando em casa também no domingo as 10 horas da manhã contra o Assisense.  Clique aqui para álbum completo de fotos da partida

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com pênalti perdido e gol no finalzinho, Lusa derrota São Paulo e afunda o rival

Jogando em casa, a Portuguesa derrotou a equipe do São Paulo, no “Clássico dos Desesperados da capital paulista” por 2 a 1, para mais de 10 mil pessoas.
O time da casa vinha com dois desfalques, o meia Canhete, que por força contratual não poderia atuar e o zagueiro Ferdinando suspenso. Já o tricolor paulista, voltava ao Brasil depois de disputar três torneios internacionais, tinha a volta do centroavante Luis Fabiano e volante Fabrício.

O placar final da partida no Estadio do Canindé

O placar final da partida no Estadio do Canindé

No primeiro tempo as duas equipes fizeram uma partida de forte marcação e apostando bastante nos contra ataques. A lusa foi mais eficiente nas finalizações e chegou ao seu gol depois de uma cobrança de escanteio, que o zagueiro Moises Moura cabeçou livre para a defesa de Rogério Ceni e na sobra o atacante Diogo Fuzilou para o fundo das redes.
O tricolor paulista conseguiu chegar no setor ofensivo com os contra ataques pela ponta direita e com o atacante Aloísio, que na primeira oportunidade chutou para a defesa de Lauro e na segunda chance, cruzou para o atacante Luis Fabiano chutar em cima do zagueiro da Portuguesa.

O clássico da capital foi disputado pela 13º Rodada do Brasileirão

O clássico da capital foi disputado pela 13º Rodada do Brasileirão

No segundo tempo, o jogo começou a todo vapor, logo no primeiro minuto da partida, o jovem Lucas Evangelista avançou dentro da área e bateu no contra pé do goleiro Lauro, empatando a partida, para delírio da torcida do São paulo, que era maioria no Estadio do Canindé.
Após o gol, a partida ficou pegada e sem muitos lances de ataque, pois os dois times se preocupavam mais em marcar do que atacar, porém isto mudou aos 10 minutos, quando o meia Jadson entrou na área e foi derrubado pelo zagueiro lusitano Moises Moura. Porém na cobrança, o goleiro artilheiro e capitão da equipe Rogério Ceni desperdiçou a cobrança, que parou nos pês do goleiro Lauro, que mais uma vez salvava seu time em um lance critico da partida.
O pênalti perdido abateu a equipe tricolor, que diminui seu impeto e se retraiu na partida, deixando o time de casa se impor na partida. O técnico do São Paulo, Paulo Autuori, tentou mudar este panorama, tirando o Camisa 10 Jadson, substituindo por Paulo Henrique Ganso. Mas a substituição não deu resultado e ao contrario do que esperava, que saiu para o jogo foi a Portuguesa e isto deu resultado.
Aos 36 minutos da segunda etapa, o meia Moises chutou de fora de área, a bola bateu na zaga são paulina e sobrou para o meia atacante Diogo, bateu colocada, tirando o goleiro são paulino e colocando o time do Canindé na frente.
O gol fez com que o time do Morumbi se atirasse para o ataque e com isso encurralando a Portuguesa e quase deu resultado, no finalzinho da partida, na cobrança de falta batida por PH Ganso, a bola passou por todo mundo e iria entrar, mas o atacante Aloísio entrou na frente e colocou a mão na bola. O juiz viu a irregularidade e invalidou o gol, revoltando os jogadores do tricolor paulista.
Com a vitória, a Portuguesa fica com 12 pontos e sobe para o 17º Lugar, na beira da zona de rebaixamento. Já o tricolor paulista, estacionou nos 9 pontos e segue em crise no campeonato brasileiro, na penúltima posição, o time do Morumbi está a 10 jogos sem saber o que é vencer na competição.
O técnico Guto Ferreira enfatizou o força do time nos últimos jogos e a superação dos atletas nesta fase do campeonato. “A equipe jogo a jogo vem retomando a confiança, hoje nos mandávamos na partida, eu acho que de uma maneira até intensa, mas o fator físico pesou e caímos de rendimento. Porém a equipe soube reagir e conseguimos três pontos essenciais neste Brasileirão” disse o comandante da Portuguesa depois da segunda vitória no Campeonato Brasileiro.

Segue abaixo as fotos do Clássico da capital paulista e das entrevistas de ambos os técnicos

Este slideshow necessita de JavaScript.

Estadio do Inamar passa por reformas a partir de Setembro, afirma Secretario de Esportes de Diadema

Após algumas semanas de ausência, volto ao meu querido Blog, para uma matéria de utilidade pública, principalmente os moradores de Diadema e torcedores do Água Santa e do CAD

O Secretario de Esporte de Diadema, Antônio Marcos da Silva, confirmou na quinta feira(8) , em entrevista para o programa Diadema nos Esportes, da Radio Nova Diadema FM que o Estadio Municipal José Batista Pereira Fernandes, ou Estadio do Inamar como é conhecido terá mudanças estruturais a partir do mês de setembro e com isso ficará fechado a partir do início das obras.

As obras no estadio se devem a uma requisição da Federação Paulista de Futebol, para com que o espaço se adeque as normas da federação para um possível acesso de um dos times de Diadema, tanto o CAD como o Água Santa, para a Serie A-3 do Campeonato Paulista 2014.

Além disso, o secretario afirmou que o Esporte Clube Água Santa que escolheu atuar no Estadio do Baetão em São Bernardo e que neste mês de Agosto, o Estadio do Inamar ainda está apto a receber partidas de futebol, tanto que a partida entre Clube Atlético Diadema x Fernandópolis, pela 5º Rodada da Segunda Fase do Paulistão da Segunda Divisão está confirmado para o Inamar, na quarta dia 14.

As reformas no Estadio do Inamar se darão em dois planos, o primeiro plano é a ampliação da arquibancada do estadio, de 5 mil, para 10 mil pessoas e com isso, ter capacidade necessária para receber partida da Serie A-3 a partir de 2014.

Outro plano de reforma se da “dentro de campo”, o gramado do Inamar hoje é sintético e é muito criticado pelas equipes que jogam em grama natural, pelo grande diferença que se da entre os dois gramados, com isso o secretario garantiu a mudança do sintético para grama natural para o ano que vem.

Outra pretensão do Secretario de Esportes de Diadema é a cidade ser sede da Copa São Paulo de Futebol Junior em 2014 com a reforma no estadio.

Com relação ao futuro do mando de jogo do Clube Atlético Diadema e do Esporte Clube Água Santa, o secretario irá realizar uma reunião com os presidentes de ambos as equipes, para a definição deste tema até o final da primeira quinzena de agosto.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.